GIF 728x90 - Suplementos

Dieta da proteína para emagrecer rápido em uma semana.

A dieta da proteína, dieta paleo e dieta mediterrânea são algumas das melhores. Dão bons resultados e contribuem para a reeducação alimentar. A proteína é utilizada para construir e manter o tecido muscular, tendões, órgãos e a pele. Também é essencial para a produção de hormônios e enzimas essenciais para uma boa saúde. As proteínas de origem animal (carne, peixe, ovos e produtos lácteos) são populares entre os atletas e fisiculturistas porque contém muitos aminoácidos essenciais. Não ingerir a quantidade recomendada de proteína leva à perda de massa muscular e à diminuição da densidade óssea. Isso pode levar ao desenvolvimento de osteoporose e outras doenças associadas ao envelhecimento.

Dieta da proteína para emagrecer rápido em uma semana

Para emagrecer com saúde é necessário eliminar gordura enquanto evita a perda de massa muscular. Um efeito colateral das dietas restritivas de baixo teor de proteína é a perda de massa magra, enquanto perde água e gordura. O resultado é um corpo mais flácido e com menos curvas nos lugares certos.

A dieta da proteína ajuda a controlar o apetite e a manter o apetite saciado durante mais tempo, regulando os hormônios que causam a fome e a saciedade. Uma refeição equilibrada mantém você sem fome durante mais tempo e assim você tem menos chances de comer demais.

Para manter uma alimentação saudável e equilibrada basta adicionar ovos, carne ou peixe em cada refeição. Quem faz exercício pode aumentar as porções de alimentos ricos em proteína ou suplementar com proteína whey. É possível emagrecer 7 kg em uma semana.

Dieta da proteína para emagrecer rápido em uma semana. Esta é a parte mais importante para quem quer emagrecer. Comece por eliminar os alimentos processados alimentos com açúcar, grãos e até os alimentos saudáveis que são ricos em carboidratos. Isso inclui o pão macarrão, massa, bolos, doces, etc.

Aqui está um cardápio da dieta da proteína com base na dieta paleo.

Segunda Feira

  • Café da manhã: 2 ou 3 ovos mexidos ou omelete com vegetais fritos em óleo de coco. Uma peça de fruta.
  • Almoço: Salada de frango com azeite de oliva. Algumas nozes.
  • Jantar: Hambúrguer sem pão, frito em manteiga, com vegetais e molho salsa.

Terça Feira

  • Café da manhã: 2 ou 3 ovos fritos com bacon e uma peça de fruta.
  • Almoço: Restos do hambúrguer da noite anterior.
  • Jantar: Salmão frito em manteiga com vegetais.

Quarta Feira

  • Café da manhã: 200 a 300g de peito de frango com vegetais.
  • Almoço: Salada com carne e vegetais frescos.
  • Jantar: 200 a 300g de carne de boi picada com vegetais no wok. Bagas ou amoras como sobremesa.

Quinta Feira

  • Café da manhã: 2 ou 3 ovos estrelados, mexidos ou omelete. Peça de fruta.
  • Almoço: 200 a 300g de carne de boi com vegetais do dia anterior.
  • Jantar: 200 a 300 g de carne de porco com vegetais.

Sexta Feira

  • Café da manhã: Ovos com vegetais fritos em óleo de coco.
  • Almoço: Salada com 200 a 300g de frango com azeite de oliva e algumas nozes.
  • Jantar: 200 a 300g de bife de vaca com vegetais e batata doce.

Sábado

  • Café da manhã: 2 ou 3 ovos com bacon e uma peça de fruta.
  • Almoço: 200 a 300g de bife com vegetais.
  • Jantar: 200g de salmão grelhado ou no forno com vegetais e um abacate.

Domingo

  • Café da manhã: 100 a 150g de salmão com vegetais da noite anterior.
  • Almoço: Salada com 200 a 300g de frango e vegetais frescos.
  • Jantar: Asa de frango grelhada com vegetais e molho salsa.

Se você precisar de perder muita gordura, você deve eliminar a ingestão de carboidratos. Para emagrecer de forma continua é necessário um défice calórico de 300 a 500 calorias por dia. A vantagem desta dieta é tornar o défice calórico mais tolerável em sustentável a longo prazo. Procure um especialista.